Duplicação das ciclovias em Curitiba. Haverá mais de 200 km até o ano de 2025

Os ciclistas de Curitiba terão mais de 200 km de ciclovia até o ano de 2025.  O piso da ciclovia também gerará energia

 

Se você é um cliclista curitibano, então vai gostar muito dessa notícia!

A cidade divulgou que após realizar os testes em um piso de ciclovia que gera energia, resolveu ampliar a sua malha cicloviária.

O governo de Curitiba planeja realizar esta ampliação até o ano de 2025.

A ciclovia contará com mais de 200km de ciclofaixas, ciclovias e outras vias para o uso de bicicletas.

O projeto de ampliação da Ciclovia

Esse projeto faz parte do plano de estrutura cicloviária que foi desenvolvido pela Prefeitura de Curitiba.

Conforme documento divulgado, a prefeitura tem como meta que a cidade atinja quatrocentos e oito

quilômetros de vias para ciclistas, privilegiando assim a integração dos meios de transporte existente na cidade.

O desejo da prefeitura é aliar o uso da bicicleta ao transporte público, fazendo com que a locomoção seja mais rápida e eficiente.

A intenção é dar prioridade a integração entre os terminais Hauer, Tatuquara e Campina do Siqueira, já

que terão vestiários para os adeptos ao uso da bicicleta, assim como 108 vagas cada.

No ano de 2019, o objetivo é instalar 28,8 km de ciclovias, realizando a integração do transporte até as

universidades, avenidas importantes e áreas que possuem diariamente grande movimentação de pessoas.

Após a instalação dos 28,8 km, a cidade estará se aproximando da meta estabelecida pela legislação

quanto à ciclomobilidade que é de 5%.

Nos dias atuais, a cidade de Curitiba possui 208,5 km de estruturas cicloviárias, chegando aproximadamente a metade do total que é composto por calçadas compartilhadas.

No término do projeto, as estruturas para o uso de bicicletas corresponderão a 8,5% da malha viária da cidade.

O benefício do uso de bicicleta para o cidadão e para a cidade

O uso de bicicleta para o cidadão traz diversas vantagens como proporciona uma vida mais saudável, já que estará fazendo exercícios físicos.

Além disso, também não precisará ficar aguardando a chegada do ônibus, enfrentar engarrafamento, gastar combustível, entre outros.

Portanto, aquele que optar por utilizar a bicicleta ao invés dos outros meios de transporte terá muitos benefícios, como físico, mental e financeiro.

E a cidade?  Pois bem, a cidade ganha também com isso, já que havendo a adesão do uso da bicicleta, serão menos carros nas ruas, pois muitos pela comodidade optam por ir ao trabalho ou resolver questões do dia a dia com seu próprio veículo automotor.

Com a ampliação da rede cicloviária, a cidade estará proporcionando aos cidadãos mais facilidade e segurança na locomoção, já que serão instalação em lugares específicos armários para guardar seus pertences, guardar a bicicleta e outros.

Portanto, com o término efetivo da ampliação da rede cicloviária, Curitiba ganha e os cidadãos também.

Seja você também um adepto do uso da bicicleta para resolver as questões do seu dia a dia e fique em dia também com a sua saúde, já que muitos não têm tempo o suficiente para praticar exercícios físicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *