Mais um ministro demitido. Agora, foi a vez de Ricardo Vélez Rodríguez que era Ministro da Educação

Como era de se esperar, Ricardo Vélez foi demitido, hoje, do cargo de Ministro da Educação

 

Essa é a semana que o governo de Jair Bolsonaro completará 100 dias, porém durante todo esse período houve inúmeras controvérsias e crises que geraram muita insegurança em diversos setores.

A pasta da Educação era uma das que desde o começo do governo estava em crise.

Ricardo Vélez Rodríguez ocupava o cargo de Ministro da Educação, porém na manhã dessa segunda-feira, 8 de abril, foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro.

A informação foi divulgada no Twitter pela conta oficial do presidente.  Inclusive, na mesma postagem foi anunciado Abraham Weintraub, como novo Ministro da Educação.

“Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta.

Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados”.

 

Sinalização da Demissão de Ricardo Vélez Rodríguez

No dia 05 de abril, sexta-feira, Jair Bolsonaro havia dado sinais sobre a possibilidade de demitir Ricardo Vélez, já que informou que estava “bastante claro que não está dando certo o trabalho de Vélez”, alegando ainda que “está faltando gestão na pasta”.

Essa declaração de Jair Bolsonaro aconteceu 2 dias depois do Ministro Ricardo Vélez informar que pretendia realizar uma revisão nos livros didáticos no que tange a ditadura militar e ao golpe de 1964.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *